segunda-feira, 3 de outubro de 2016

Prr.

Feliz dia do poe no elevador que eu pego. Ou do "tem ..., o mercado ta cheio!!". Feliz dia do adududu quentinho. Da nhaca. Dos porres de cobertura de chocolate e daqueles de cerveja. Ou era tequila?

Feliz dia do "quem vai pagar por essa mesa?". Do "eu não aguento mais", "CRUELL". Feliz dia do POS, STAY, do zoar na net, zoar na net, zoar na net. Feliz dia do "what are you waiting for?", do bolo que era de beterraba, da bandeira assinada no para-raio, do brunch que derrubou a gente. 

Feliz dia do amor platonico, da Bufy, do Bernando e o seu relógio, do meu ex-piercing embaixo da lingua. Feliz dia das incontaveis parodias, tardes no shopping, noites a fora. Feliz dia do "para de rir", do "vamo idelizar", do "falta 204 reais pra minha vida ser perfeita", dos momentos pinga. 

Feliz dia do, desce, sobe, "tens a minha chave?". Do paga, do te fode, do "posso ir junto?", do "como assim tu não vai?". Feliz dia do "por favor vamos", do "como que eu vou contar isso", do "imagina quando..".

Como te antecipei hoje, por algum motivo a gente vive separado. Yet, sempre tão juntos. Que eu continue cada dia sendo um pouco vc, e vc um pouco eu. Que eles saibam que eu serei sempre teu e tu sempre minha. Vizinho, vizinha. Mesmo que algumas horas dopados de dramim away. 

Que tua estrela continue a brilhar e que reflita aqui, nos meus dias. Que quando a saudade apertar, não nos falte snaps, internet e fones de ouvido pra se acabar em Aventura, em Jay Vaquer, ou em wonderwall. Que cada dia tu seja mais e precise de menos. 

Pq eu sonho pra ti, sua pomba linda, asas que tem leve beem longe, mas que também te tragam aqui.
<3

domingo, 2 de outubro de 2016

VEM

Vem cá, deixa eu passar protetor solar em ti, antes que a gente fique todo vermelho de tanto sol. Vem aqui pra eu passar frio contigo também. Vem passar o final de semana, o feriado, o verão, o inverno. Traz roupa de banho, aquela tua bota linda e por favor, esquece o teu pijama. 

Espero que perto da meia noite eu chego, pra elogiar e agradecer e janta que tu me preparou. Me abraça pra gente assistir cinco temporadas da minha série favorita em um só final de semana. Aí a gente sai, a gente volta, a gente bebe, a gente acorda.

Vem pra ficar comigo, pra gostar do que eu gosto. Fica aqui com a gente, na roda. Pode ir pro canto, mas não vai longe não. Vem que daqui a pouco toca a musica que eu escolhi, fica que eu fecho a janela pra não ventar e abro o vinho pra te convencer. 

Vamo que eu já não aguento mais. Que eu to com saudades de ti e daquele quarto que mesmo não sendo parece tao nosso. Vamos que dessa vez eu não derrubo café em ti e não vou dormir enquanto tu toma banho. Vamos que a gente ainda tem tanto lugar pra conhecer junto e eu insisto em continuar indo naqueles que eu tanto gosto.

Vamos que hoje deve ter sol no pier. Hoje deve ter arco iris na estrada e obviamente transito na lagoa. Vamos nos passar na comida, na bebida, na cama. Vamo que daqui a pouco isso vira rotina e a gente não é mais turista. Vamos que a estrada ainda é longa, a gente ainda ta no comecinho e que eu te quero do meu lado até o final.