terça-feira, 25 de fevereiro de 2014

Involuntariamente

Acho que desde o começo isso foi assim. Não que seja porque a coisa vá além do físico, é obvio que vai, mas é mais que isso.. É como se todas as versões fossem boas, como se eu não conseguisse escolher a melhor forma.

Fica tão bom de roupa social e cabelo cumprido, vejo como um desses italianos mafiosos, mas que são incapazes de fazer mal a alguém. Pode deixar curto também, encurta a barba e usar aquelas bermudas xadrezes que só ficam boas em você, continua lindo.


Sinto que eu não tenho escolha. Te vejo gordo ou magro, branco ou moreninho, bem vestido ou até só de pijama e eu te acho bonito. Não consigo te nivelar com ‘o dia que você estava mais bonito’, nem um dia em que eu tenha te achado feio. É como se cada dia ficasse melhor, como se cada dia você aparecesse da melhor maneira que poderia estar. 


É como se todo dia eu fosse forçado a te achar lindo, mas involuntariamente.



"just the way you are..."

2 comentários: