sábado, 2 de março de 2013

As nossas coisas.

A sua falta de interesse, sua falta de vontade. Os seus amigos. Suas inseguranças, as minhas inseguranças. O seu  idealismo, o meu perfeccionismo. A sua insatisfação, a minha infelicidade. A sua falta de amor, a sua covardia. O seu medo, a sua ignorância. Pouca língua, pouca carne. As estorias mal contadas, os perdidos. Os novos amigos, a falta de amigos. O que foi omitido.

A sua mudança. O final da paixão. A minha falta confiança. A suas escapadas. A minha falta de vida. A sua comodidade, sua falta de crença. Sua falta de palavra. As minhas expectativas. Suas viagens, as noites mal dormidas. A sua insatisfação. O seu medo. As minhas lágrimas, as suas caretas. Os meus suspiros, a falta dos seus. 


A sua falta de interesse, sua falta de vontade. Meu perfeccionismo, o seu idealismo. A sua covardia, as minhas lágrimas, a sua tristeza, o final.




"That heart you caught must be waiting for  you.  Even now when we're already over, I can't help myself from looking for  you.."

Um comentário:

  1. humm... não sei o que falar
    só sei que eu não sei o que é isso que vc fala
    nunca tive algo com alguém q me causasse esses sentimentos, acho

    ResponderExcluir